Quem sou eu

Minha foto
Mulher, mãe, companheira. Uma ávida entusiasta sobre a História da incrível jornada humana na Terra.

segunda-feira, 30 de março de 2015

Musique française

Para se aprender uma segunda língua, há de se escutar antes de falar. No meu caso, que sou uma pessoinha que fala, fala, fala até dar calo vocal, é aprender a ficar calada! Assim, ando tendo que escutar mais músicas ao invés de querer cantarolar... Com uma boa pesquisa aqui e várias acolá, descobri alguns sons franceses que agora passam pelos meus fones de ouvido. "Le bebés rockers" são bem legais se você curte um estilo indie. Plasticines, apesar de cantar também em inglês tem uma pegada forte do rock n'roll, assim como BB Brunes e seu hit Dis-moi (Hoona). Se optar pelo pop, Stromae com sua irreverência é cativante. Aliás, ele esteve no Brasil em março deste ano, foi super bem recebido e prometeu voltar, sua releitura de Carmem de Bizet me encantou, já que amo música erudita. "Alors", minhas preferidas, Camille e Coeur du pirate. Camille, desde Nouvelle Vague, flerta com a Bossa Nova, tem álbuns bem sonoros. Couer de pirate, pseudônimo da canadense Béatrice Martin também deixa uma boa impressão da língua francesa. E amanhã, aula de francês para esse ouvido usado mas não cansado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas

História é a ciência dos homens no tempo. BLOCH, Marc.

História é a ciência dos homens no tempo. BLOCH, Marc.
Tempo, ainda tempos.

Pesquisar este blog

Seguidores